Arquivos Mensais: Agosto 2012

O malandro Serafim

                    Já conheci coração de Mãe E aprendi que nele sempre cabe mais um Mas homem com coração assim Só o malandro Serafim   Com o Serafim não tinha ruim Amava … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Grades de uma Paixão

Sempre que lembro da “china” O semblante se enche de água Dos rodeios e dos bailes Das coisas boas e da minha mágoa   Só eu sei o que passei Nas mãos daquela prenda Por ela, tudo entreguei Perdi carro … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Grades de uma Paixão

Sempre que lembro da “china” O semblante se enche de água Dos rodeios e dos bailes Das coisas boas e da minha mágoa   Só eu sei o que passei Nas mãos daquela prenda Por ela, tudo entreguei Perdi carro … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Cadê a Felicidade!?

Mário Quintana “brincou” com a Felicidade da seguinte forma: DA FELICIDADEQuantas vezes a gente, em busca da ventura,Procede tal e qual o avozinho infeliz:Em vão, por toda parte, os óculos procuraTendo-os na ponta do nariz!   Sempre quis “brincar” com … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

A duração de uma paixão

Qual a duração de uma paixão? Um dia, um mês ou uma estação? Talvez ela acabe quando começa o amor Ou quando tudo termina em dor Os poetas não sabem explicar Nem a ciência tenta estudar Em certas vezes só … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário