Eu nem ligo

Não é porque tem goteira no apartamento alugado que me abrigo

Não é porque faltou água e eu planejava tomar banho

Mesmo com tudo isso, eu não me importo, eu não ligo

Não é porque não entendo o motivo de tanto perigo

Não é porque matam, roubam e fazem mal

Mesmo com tudo isso, eu não me importo, eu não ligo

Não é porque vejo crianças comportadas vivendo de castigo

Não é porque meu time perde, perde e empata

Mesmo com tudo isso, eu não me importo, eu não ligo

Não é porque não escutam o que eu digo

Não é porque poucos de uma classe profissional denigrem a maioria correta

Mesmo com tudo isso, eu não me importo, eu não ligo

Não é porque às vezes duvido do caminho que sigo

Não é porque a carne que comprei estava estragada e não percebi

Mesmo com tudo isso, eu não me importo, eu não ligo

É porque mesmo não me importando com tudo isso

Com problemas pequenos e que não devem nos afetar

Eu tenho medo de começar a ligar

Ligar para as coisas que insistem em dar errado

Ligar para o ladrão que rouba um centavo ou um milhão

Deixar de acreditar na humanidade e suas positividades

Por isso amigo, se eu ligar

Não hesite em me atender

Estarei precisando de você

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Recomeço de uma saudade

Em tortas linhas agora te escrevo

Com um tom de até breve ou até mais

Triste é meu dia quando não te vejo

Meu porto seguro, minha terra de paz

 

Flores, jardins, poemas e canções

Pequenas belezas da vida

Hoje habitam nossos corações

Que choram a cada partida

 

Em verso ou prosa

Canção e serenata

Com tudo isso o que quero te dizer…

Meu amor, eu amo amar você

 

Imagem

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Gritos que não são ouvidos

De nada adianta gritar para pessoas que só ouvem aquilo que os pré-conceitos falam.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

É o detalhe

As coisas simples da vida demonstram a grandeza do ser humano.

O magnífico está naquilo que toca, não necessariamente naquilo que aparece.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Lembranças de minha terra

Nasci irmanado com a fronteira

Abaixo de mau tempo e trovoada

Desde pequeno aprendi a amar esta terra

Pedaço de chão, minha querência amada

 

E em cada ano vivido ali

Trago lembranças singelas e altaneiras

Os bailes, fandangos, chamamés e vaneiras

Cada amigo e as saudades que deixei ao partir

 

Morar longe donde nascemos,

Dói muito em cada fim de tarde

As escolhas de vida que fizemos

Nos distanciam, trazendo alegria, tristeza, silêncio e alarde

 

Porque grito para todos os cantos do mundo

Que sinto sim, saudades de minha terra

E o sentimento é grande e profundo

Quase que o de uma Mãe que perdeu o filho na guerra

 

E com os olhos cheios d’água,

Chego a sentir o cheiro do carreteiro molhadinho,

Das comidas de minha mãe e as nossas comilanças,

Não tem como esquecer os carinhos

De cada conterrâneo,  irmãos de vida e lembranças

 

Quaraí o nome da minha saudade,

Minha Querência cada vez mais amada

Cada dia que passo longe de ti

Sinto-me mais longe fisicamente e mais perto como representante deste pago

Quando cevo meu amargo,

ouvindo Luis Menezes e suas valsas

Lembro do Rio Uruguai, da balsa e das noites em frente a igreja.

Da Salamanca do Jarau, nossa lenda

Do futebol no Aluízio Falcão, do carnaval no comercial e dos beijos da prenda

Image

Publicado em Uncategorized | Etiquetas | Publicar um comentário

Te seguirei

Cada beijo e cada palavra

Trago tudo como uma lembrança boa

Cada verso e cada prosa

Sigo te seguindo sem leme e sem proa

Infinitamente te seguirei até o infinito

Buscando mais que razão para estar no seu coração

Não quero e não espero ser apenas mais um ou um a mais

Quero ser único, exclusivo e solitário em teu pensamento e em tua paz

Mas se acaso o descaso queira me deixar em segundo plano

Eu reclamo e escrevo minhas tristezas em humildes palavras

Em versos subliminares e em aspirantes quintanares

Se fores embora deixe um rastro de papel de bala

Pois o meu amor ninguém cala

E infinitamente te seguirei até o infinito…

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Chuva fina

Chuva fina trás consigo o frio da solidão

A calmaria desperta a imensidão

em um pensamento sem direção.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário